domingo, 23 de agosto de 2015

SIA

SIA

O QUE FALAR DELA?

NÃO POSSO FALAR, SÓ OUVIR E SENTIR...

E SONHAR EM UM DIA CONSEGUIR CANTAR COMO ELA, QUE FAZ NOSSOS CORAÇÕES CHORAREM FALANDO SOBRE A NOITADA DE UMA ÉBRIA....

CURTAM!







LINDAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA


terça-feira, 18 de agosto de 2015

MARINA AND THE DIAMONDS


Olááááá

Mais uma estrela que PRECISA ser seguida pra quem quer se orientar na música... Marina and the Diamonds... Você PRECISA, NECESSITA conhecer o som dessa gata!

Se até a Lady Gaga se apaixonou, imagina eu... to babando!



Ouçam!!!!!!


I'm a ruin

Primadonna

Blue

Oh No!


Shampain, que foi a primeira música dela que ouvi e tenho no meu pen drive desde 2010!

Espero que gostem! Eu já fiquei obcecada!
Beijos,
Marie

domingo, 16 de agosto de 2015

MELANIE MARTINEZ



Oi

Eu não sei explicar, ou melhor, não sei se devo tentar explicar o que é esse som da Melanie Rodriguez... Mas, amei INSTANTANEMENTE...

Para bom entendedor... meia canção com efeito de caixinha de música de boneca basta...


DOLLHOUSE


PITY PARTY


CARROUSSEL


SIPPY CUP


SOAP



CRY BABY


CRAZY


TOXIC



As audições para o The Voice são as melhores que já vi, praticamente colocando os próprios jurados do programa bem mais abaixo do que a sola do chinelo:

SEVEN NATION ARMY




CRAZY

Gosto da voz suave, macia dela, com as músicas meio doidas e os arranjos infantis e sombrios. Sempre tem algo de desconcertante ou perturbador nas composições dessa geniazinha...
Apaixonei!
Marie


LUGARES ABANDONADOS



Olá

Não sei exatamente o que me fascina em lugares abandonados, mas eu simplesmente ADORO!



É um misto de beleza da arquitetura, dos objetos usados em épocas passadas, com a decadência dos anos que correram, nos mostrando que tudo perece, que nesta terra nada é eterno.



Em alguns casos, a Natureza vai tomando de volta o seu lugar, mostrando aos homens a sua força que não deve ser subestimada e não pode ser subjugada.

Meu Deus, esse monte de livro apodrecendo e eu aqui sem poder fazer nada!!!!

Também existe aquela sensação de solidão, dos lugares gritando no vazio e no silencio: EI, eu ainda estou aqui! Pois os homens constroem coisas tão lindas para de repente abandoná-las como se não valessem nada.



E as histórias secretas que cada lugar contém... Os amores, as amizades, as festas, as reuniões, refeições em família... os sonhos que foram construídos dentro destes lugares para agora estarem esquecidos. Em algumas fotos parece que posso ver o que as pessoas do passado faziam, como se sentiam nesses ambientes bucólicos...



Aqui seguem alguns links de sites sobre lugares abandonados para se visitar ou pra quem não pode, como eu, somente apreciar as imagens.

http://www.roughguides.com/gallery/abandoned-places/

http://abcnews.go.com/Lifestyle/photos/abandoned-places-24231388/image-24233912

http://www.taringa.net/posts/imagenes/15840935/Fotografias-por-Andre-Govia-lugares-abandonados.html

http://desertedplaces.blogspot.com/

http://www.adventureseeker.org/adventure/32-hauntingly-beautiful-photos-abandoned-places/

https://www.youtube.com/watch?v=JT1QDk5ArZc

http://www.superstarlifestyle.com/20-most-breathtaking-abandoned-places-that-will-give-you-the-chills/



Bom, pesquisando no bom e velho google a gente vai achar muito, mas MUITO MAIS sites com lindas fotos de lugares abandonados... Lá na minha cidade natal havia muitas casas que eu deveria ter tirado fotos antes de derrubarem porque em alguns lugares do mundo as coisas ainda ficam de pé para contar histórias, mas me dá uma dor no coração quando derrubam aquelas casinhas antigas e históricas para construir prédios quadrados e sem graça.
Se bem que, se o mundo todo pensasse como eu, não haveria muito espaço para o novo.
Eu sei lá, o passado me fascina muito, a arquitetura, a arte, as roupas, as canções, as pessoas...
Sei lá por que eu sou meio antiga...

Agora, as fotos de sanatórios e hospitais antigos ainda com seus aparelhos montados são de dar arrepios...














Pela quantidade de fotos e sites dispopníveis, dá pra ver que tem muita gente como eu que adora estes lugares esquecidos...

Beijão, vou jogar!
Marie

JOGOS MELTING MINDZ



Olá galera!

Hoje estou com vontade de postar!

Não sei se já falei disso no blog, mas eu sou viciada em jogos de enigma point and click do site Melting Mindz... cuja tradução seria "Derretendo Mentez" assim meio num estilo gangsta.

Os meus preferidos são os jogos onde tudo se passa em lugares abandonados. Você acorda em um sanatório abandonado, por exemplo, e tem que solucionar vários enigmas para poder fugir dali.



Fora os enigmas, o que eu mais gosto nos jogos são as fotos, reais ou não, de lugares abandonados, casas antigas, salas, corredores, quartos assustadores, com aquela decoração vintage decadente, a tinta descascando da parede, parece que estou mesmo explorando lugares abandonados. Já que não posso fazer isso na vida real (e eu adoraria, já fiz muito isso quando criança), então fico com o video game!



Aqui segue o link para você que quer começar a se divertir com o primeiro: http://www.melting-mindz.com/Abandoned-Hospital-Escape.php

Tem muitas, mas muitas variações mesmo, já joguei quase todas, e adorei! Tem o hospital abandonado, a mansão, a fazenda, o sanatório, o hotel, o castelo (um lindo castelo escoces com fotos reais!), e tem até Silent Hill!



As imagens são meramente ilustrativas, nos jogos, tem muitas imagens reais e bonitas de lugares abandonados de verdade.



Have fun!
Marie Jo

sábado, 1 de agosto de 2015

EU SÓ SEI QUE NADA SEI



Olá

Faz um bom tempo que não escrevo neste blog, eu que gosto de escrever, acabei perdendo o gosto.

Acabei perdendo muita coisa, inclusive a fé e a paciência, com as cassetadas que a vida dá.

Aprendi algumas coisas pra depois desaprender logo em seguida.

Deixei de gostar de algumas, passei a detestar outras, fiquei com preguiça, e com raiva, inclusive de ser eu mesma...

Na busca pela auto estima, acabei detestando mais ainda estar na minha própria pele... E quem nunca... e não consigo achar o ponto de interrogação nesse teclado...

Minha vida deu uma guinada, e acho até que foi bom, pra colocar os pés de volta no chão, e voltar a ser o que eu era antes... NADA.

Num mundo onde todo mundo se acha a cereja do bolo, tentando parecer o que não é nas redes sociais, e até acaba se convencendo disso... Eu comecei a achar que era legal, e as pessoas até começaram a acreditar nisso... Mas acabou que enjoei desse jogo e resolvi assumir de uma vez que eu sou um NADA.

É isso mesmo, um nadinha, sou simples, sou plana, não tem nada de mais, nada de especial, NADA...

Se eu sumir, pode ser que sintam a minha falta por um tempo... e depois não vou ser mais nada, nem uma lembrança triste... Quem se importa? Não serei sequer uma lembrança... Serei esquecida, e isso é bom...

Porque do jeito que a vida vai eu é que não quero viver pra sempre. As pessoas me deixam triste, a vida me deixa triste... Tudo é tão medíocre, será que ninguém ve?

Não consigo nem pensar em sonhos, nem em planos, porque por mais planos que eu faça, a vida vem e derruba tudo, então pra que sonhar né gente.

A única coisa que me importa agora é ser uma boa mãe, uma boa chefe de família. Não consigo mais fazer planos a não ser planejar acordar no dia seguinte e encarar mais um dia de labuta que garanta ao menos o sustento da minha família. Só isso, e já está de bom tamanho. Pode parecer pouco... pode parecer mais medíocre do que tirar foto no banheiro da balada pra colocar no facebook, mas me traz muito mais satisfação do que realizar qualquer outro sonho idiota que eu possa ter de me tornar algo importante porque eu estou ainda a cada dia tentando ser ALGUÉM.

E podem achar que isso é muito triste, mas eu não acho triste. Apesar do que parece, eu não acho que viver sem perspectivas seja triste. Não quero mesmo ser como os outros que acham que são grande coisa e nem percebem que são levados pelas ondas da vida. Não quero ser levada pelas ondas, entende?
Eu estava sendo levada pelas ondas quando de repente parei e comecei a perceber como tudo isso é sem sentido e apenas fiquei lá, observando as outras gotas se misturarem ao oceano.

Já me disseram que nenhum vento é favorável quando você não sabe pra onde está indo. Eu acho esse conceito muito legal, mas também não gosto muito de ficar planejando as coisas, fico com uma sensação de perder a espontaneidade...Pra saber pra onde se está indo é sempre bom olhar pra frente, e eu parei de olhar pra frente. Eu comecei a olhar pra cima... ;)

Marie