quinta-feira, 31 de outubro de 2013

UM LIVRO QUE QUERO TER...

EU QUERO ESSE LIVRO...

EU QUERO ESSE LIVRO...

EU QUERO ESSE LIVRO...

e tem free download... https://archive.org/details/storiesstrangew00cookgoog

e pra comprar: http://www.amazon.com/Stories-Of-Strange-Women-Cooke/dp/1437251595

EU QUERO!
MARIE



CURIOSIDADE

OI CRIANÇAS...

QUE TARDE AGRADÁVEL NÃO?

VOCÊ SABIA... QUE O AMIGUINHO ACIMA DÁ A COR PARA A SUA SALSICHA?


TÁ DIFÍCIL NÉ? COMER SALSICHA COM KETCHUP....

MUITO DIFÍCIL...

LEIA MAIS EM: http://saudeblog.com.br/corante-de-alguns-produtos-industrializados-e-feito-de-insetos/
E EM: http://pt.wikipedia.org/wiki/Cochonilha

BEIJOS,
MARIE

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

PIN UP GIRLS


Olá meninas!!!

Bom, vou começar contando um pouco sobre como surgiu esse blog.

Era pra ser um blog que falasse sobre a beleza plus size... sério!

No final das contas, esse é um assunto sobre o qual eu quase nunca comento.

Fiz o blog em uma época em que eu estava buscando melhorar a minha auto estima... pois eu havia engordado muito desde que comecei a namorar e engordei mais ainda depois que tive meu filho, e auto estima nunca foi meu forte, então depois de ficar gorda e enfrentar vários problemas que as mulheres gordas enfrentam, eu senti que precisava trabalhar isso ou iria enlouquecer...

Desde então, minha auto estima tem estado em permanente construção. Não posso dizer que melhorou muito desde lá, mas um pouquinho melhorou sim...


Por isso eu tinha feito essa pergunta: ARE WE BEAUTIFUL? Somos bonitas? Somos realmente bonitas?

Nós as gordas somos bonitas mesmo, podemos ser um padrão de beleza, ou isso é algo que inventaram só pra gente se sentir melhor? É um processo espontâneo ou é fabricado? É apenas um nicho de mercado que resolveram explorar?

Não tenho resposta pra essas perguntas, mas tenho notado que até meu modo de ver as pessoas mudou... Antes eu achava lindo uma pessoa/ mulher extremamente magra num anúncio de roupas/perfume/jóias, etc...
A coisa mais elegante do mundo... hoje em dia me parece extremamente insosso e nada atraente...

A magreza excessiva hoje em dia me faz até passar mal, pois me parece que as moças estão sofrendo, se auto destruindo, sei lá...

Mas enfim, tudo é questão de opinião.
Houve uma época em que bonito era ter carne sobre os ossos...
Foi nessa época que surgiram as famosas Pin ups.
Conheça mais em http://en.wikipedia.org/wiki/Pin-up_girl

E com as pin up girls, surgiram os desenhistas/ pintores de PIN UP GIRLS...

Bettie Page, ícone pin up


Conheça o maravilhoso trabalho de Alberto Vargas (digita no google images pra você ver VARGAS GIRLS) o_o






Mais sobre ele: http://en.wikipedia.org/wiki/Alberto_Vargas

Ele era um pouco mais ousado do que a média, desenhou garotas vestidas, mais 'apropriadas', seminuas e nu total...


Outro ícone do meio artístico pin up é Elvgren: http://en.wikipedia.org/wiki/Gil_Elvgren

E o nome dele é Gillete...




São tantas imagens bonitas que fica difícil escolher uma só pra colocar aqui!!!


Outro que achei no google é Rolf Armstrong: http://en.wikipedia.org/wiki/Rolf_Armstrong

parece a Selma Blair



Adorei esse Armstrong, seus desenhos são mais delicados do que sensuais, e de uma intensidade tão grande... eu passaria horas/dias/anos observando seu trabalho, maravilhoso!

Pra quem tem interesse em reproduzir o estilo pin up, seguem um site muito bacana: http://www.pinupgirlclothing.com/

E claro, na internet tem toneladas de sites e de garotas que já 'vivem' o estilo...



Mais um site muito bacana sobre o assunto é o Pin Up Files: http://www.thepinupfiles.com
com dezenas de arquivos, fotos, histórias, de artistas do Pin Up.

E claro que eu não podia deixar de falar na Hilda né gente! A minha pin up favorita, de quem eu já falei aqui no blog...




E pra provar que SIM, SOMOS BONITAS, mais fotos e desenhos de pin ups plus size:






E assim eu descobri Les Toil, um artista pin up que adora desenhar lindas garotas gordas...


Adorei, também quero ser um Les Toil Girl! Vejam lá no site dele os requerimentos, adorei a filosofia dos artistas: "Uma ampla anatomia é o mais desejado e mais agradável esteticamente..." LUXO!!!

Vejam!!!!!!!!!!! http://edissoqgosto.blogspot.com.br/2012/04/plus-size-viram-desenhos.html

É, só que tem que pagar né baby!!

Beijos meninas!
Marie

terça-feira, 22 de outubro de 2013

MAIS UM SONHO DOIDO QUE VIRA CONTO - A BANSHEE

PRE SCRIPTUM: tive mais um sonho doido que poderia virar conto há algumas semanas mas acabei esquecendo... se lembrar, eu conto aqui...


Banshee

Alecia andava pela floresta ansiosa como sempre.
O sol não estava tão ardente naquele dia então era possível andar sem o casaco e o capuz que a protegiam.
Sua pele amorenada brilhava sob os raios de sol que penetravam pela floresta. Não era uma floresta muito densa, por isso pouca gente morava por ali...
Ela havia ido visitar o tio que tinha se mudado para perto, recentemente. Fazia mais de um ano que não o via. Ele era um dos anciãos, e na verdade, era um tio adotivo que havia encontrado Alecia muito pequena perdida em uma cidade abandonada, destruída pelas hordas...


O tio estava consertando a caixa d'água quando ela chegou. Não a viu se aproximar pois estava no alto de uma escada. Infelizmente, sua roupa nova de ser humano estava com algum problema, pois Alexia notou que estava enrugada demais na altura das canelas, e o que parecia ser a pele sobre a panturrilha na verdade era a pele que deveria estar cobrindo os glúteos.

- Oi tio, ajeita isso aí...

Sr. Oliver repuxou a pele e ajeitou a roupa de humano de forma que ficasse mais decente... Havia aberto o seu 'traje' devido ao calor da tarde.
Sabia que era Alecia quem vinha se aproximando quando ela estava ainda a um kilometro de distancia, pelos pensamentos confusos e embaralhados da menina ecoando de longe, com força.

Desceu os olhos bondosos para a garota, protegidos por um óculos de sol, mas mesmo assim notou que a pele da menina estava mais bronzeada do que de costume.

- Você tem andado sem proteção filha? - disse ele descendo da escada.
- Queimei um poudo num dia em que precisei procurar comida na cidade e encontrei uma criança perdida...
- Mais uma criança?
- Sim, estava desmaiando de fome e insolação...
- Salvaram ela?
- Ele se restabeleceu bem...
- Que bom... E os pais?
- Nem sinal, tio.



Alecia fitou o chão, meio aborrecida. Lembranças vinham e voltavam á sua mente o tempo todo, impedindo-a de alcançar um estado de tranquilidade por qualquer momento que fosse. Mesmo seus sonhos eram conturbados; era como se uma multidão a cercasse o tempo todo, todos querendo falar ao mesmo tempo, cutucando-a, chamando sua atenção, querendo ser ouvidos.

O tio se aproximou e a abraçou como de costume. Sabia que um abraço sempre era reconfortante para os humanos. A barba e o bigode do traje roçaram a orelha de Alecia, que deu um sorriso, pois sentiu cócegas. Tinham muito carinho um pelo outro, pois houve uma época em que ambos estavam sozinhos no mundo e sobreviveram devido á ajuda de um para outro.

- Gostei do cabelo curto, fica bem em você...

Só então Alecia notou a protuberante barriga do tio.

- O que é isso tio? Está doente?
- Não minha filha, estou grávido... - falou o ancião, abrindo os botões da camisa para mostrar a barriga protuberante. Naqueles dias, os homens já podiam carregar seus filhos no ventre quando suas esposas não tivessem condições. Sr. Oliver era casado com uma humana havia alguns anos.

- Nossa, vocês tem certeza disso?
- Agora seria tarde pra não ter certeza, certo filha?

O tio começou a falar sobre o bebê, a esposa amada e todas as esperanças e os procedimentos que necessitou seguir para poder carregar o bebê no ventre. O homem estava exultante, alegre, e muito otimista. Mas Alecia estava zonza, as vozes gritando na sua cabeça novamente: "Isso não vai dar certo"...

- E como o bebê se alimenta tio? - perguntou incrédula.
- Ué, pelo líquido amniótico... - respondeu o tio, com um sorriso.

"Mas isso é uma aberração!" - uma voz gritou em sua cabeça... "Não tem nem cordão umbilical!" pensou a menina. "Como é possível que o bebê se desenvolva e se alimente sem cordão umbilical, isso não está certo! Não está certo..." Alecia precisou se apoiar em uma árvore para não cair.

Seu tio já entrava em casa chamando a esposa para que a cumprimentasse, a camisa aberta mostrando a barriga, receptáculo do bebê desde já tão amado. Para Alecia, a barriga parecia agora inchada, endurecida, as veias vermelhas e roxas aparentes dando-lhe um aspecto doentio e enegrecido, como se já tivesse passado do momento... como se o bebê ali dentro fosse um morto-vivo.

Alecia não conseguiu conter a onda de desespero e tristeza que a inundaram. Não conseguiu sequer esboçar um sorriso pela alegria do tio e da esposa. Tentou disfarçar mas as sensações estranhas e negativas não paravam de tomá-la de assalto, dominando todos os seus pensamentos e ações, controlando-a, manipulando-a, e ela já sabia o que era isso... Era algo muito maior do que um simples pressentimento.

Alecia passou pelo poste de luz para ir embora mas a sua blusa ficou presa em alguma coisa... Ela tentou se desvencilhar mas um arame a puxou de volta... Voltou-se nervosamente para desprender a manga da blusa e pôde ler no medidor de energia a palavra PESAR...
Numa segunda olhada, as letras que formaram a palavra não estavam mais ali, e Alecia sabia que era mais um daqueles sinais que recebia com frequência.

Por um momento, ao se voltar para o tio, viu-o cambaleante como um daqueles mortos que andam que ela cansou de ver quando era criança... Já com lágrimas nos olhos, não conseguiu esperar a tia sair de dentro do rancho. Saiu correndo pela floresta, repetindo para si mesma que aquilo era uma aberração.

Não ouviu seu tio chamando-a de volta, magoado. Correu de volta pra casa, mas chorava tanto que nem via mais o caminho de casa. Tropeçou no mato, caiu e rolou, mas continuou correndo até chegar perto de casa e desabar, apoiando as costas em uma árvore.



Ficou ali sentada chorando alguns minutos, enxugando as lágrimas com a manga da blusa, machucando o piercing na sobrancelha direita. Prometeu a si mesma livrar-se daquilo. Recompos-se, e entrou finalmente em casa. Entrou pela porta da cozinha e encontrou várias bolsas na mesa e pelo chão. Tomas já estava de volta, seu coração ficou mais alegre por um momento.

O namorado dormia em um colchão na sala de estar. Não quis acordá-lo, por isso abaixou-se e deitou-se devagar ao seu lado, o choro ainda machucando a sua garganta... Maldita herança, pensou. Tomas percebeu sua presença, levantou a coberta para que ela entrasse debaixo dela, e aninhou a garota em seus braços. Alecia virou-se para ele e enterrou a cabeça em seu pescoço, se escondendo do mundo e da dor. Estava tão quente e aconchegante. Tomas acariciou os cabelos curtos da namorada, muito negros, e molhados pelas lágrimas.



- O que houve?
- Nada Tommy... - disse Alecia... - nada para se preocupar agora. - Ele a beijou na testa, e ela alcançou seus lábios, dando-lhe um beijo carinhoso, roçando seu rosto na barba por fazer...
- Tem certeza? - disse ele, meio sonolento.
- Vamos só dormir agora...
O rapaz abraçou-a um pouco mais forte, mas estava muito cansado para fazer mais perguntas. Acabou dormindo novamente, e Alecia ficou ali, o resto da tarde, até o anoitecer, sem conseguir dormir, apenas torcendo para que mais nada no mundo a tirasse dali, daquela zona de segurança e de conforto, de seu casulo.


TO BE CONTINUED...

Então, esse foi o sonho que eu tive, a foto da Pink é só pra ilustrar a aparencia que eu tinha no sonho e do ator Logan Marshal-Green é a aparencia que o namorado tinha, ainda sinto a barba dele roçando no meu rosto. Como são interessantes os sonhos não é mesmo?

Beijos,
Marie

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

VICIADOS EM FACEBOOK


Olá

Hoje vou tocar em um assunto que eu acho muito relevante, é sobre o nosso vício em redes sociais.
Tenho percebido que eu deixo de fazer coisas importantes na minha rotina familiar para ficar vendo as bobagens do Facebook.
Bobagens eu digo porque na grande maioria dos sites e páginas que sigo, não tem nada de realmente interessante. Se eu preciso de informação de verdade, eu tenho que procurar no google.
Aí eu gosto de ver as atualizações dos meus amigos.
Mas geralmente no horário que eu entro, não aparecem as atualizações deles e eu tenho que ficar procurando; fora aquela bagunça que fica de tantos amigos que eu mal conheço na vida real que me adicionam e eu de verdade não quero seguir, mas nem sei como colocar um filtro naquilo. A gente adiciona pra não parecer mal educada, não é?

Mas enfim, claro que tenho muita gente legal no meu facebook, gente que eu adoro, mas de verdade, 80% que eu fico lá eu perco tempo com bobagem que não preciso e 10% do tempo eu perco esperando carregar a página porque minha internet é lenta. Então os 10 minutinhos que eu tinha pra entrar no facebook acabam virando 40 minutos, que eu perco de brincar com o meu filho e até almoçar...

Aí fiquei pensando: isso é vício, não é?
Pra sanar as dúvidas, tem até um teste pra gente fazer.
Entre no link: http://revistaepoca.globo.com/Ciencia-e-tecnologia/noticia/2012/05/voce-e-viciado-em-facebook-ciencia-responde-faca-o-teste-e-descubra.html

Bom, meu resultado até que foi satisfatório. Não sou viciada em facebook.



Tem um outro teste que eu achei que infelizmente me identifico com alguns quesitos: http://www.tecmundo.com.br/facebook/25169-saiba-se-voce-e-um-viciado-em-facebook.htm



Segundo os infográficos acima estou perdida! hahahahah

Mas me propus um teste que iniciou na data de ontem.


Vou ficar 7 dias sem entrar no facebook.
Vamos ver quanta coisa interessante eu vou perder? Ou o quanto a minha vida pessoal pode melhorar sem isso?

Um beijo,
Marie

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

CUPCAKE SURPRESAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!


Olá gentem!!

Então, hoje eu vou de postar receita de cupcake, que tal?

Vou fazer cupcakes amanhã para comemorar o dia das crianças com meu filho, e depois dou um update no blog com as fotos. Pode ser? Belezinha?


Vamos ás receitas com ilustrações maravilhosas desse quitute que enche os olhos de desejo, a boca de saliva e o sangue de açúcar, pra uma pessoa ansiosa como eu, nada como comer um doce pra melhorar o astral!

Receitinhas tiradas do blog: http://www.receitadecupcake.com.br/
que tem uma infinidade de variações de sabores para esse bolinho, uma mais apetitosa que a outra!

Imagens pescadas no google...

Como Fazer Cupcake

Aprenda, a seguir, a preparar o cupcake tradicional e com ela poderá criar inúmeras variações de sabores. Confira!

Receita Básica de Cupcake


Cupcake Tradicional
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4.49/5.00 - 80 votos)

Cupcake Tradicional
Tempo de preparo: 20 minutos
Tempo de cozimento: 40 minutos
Tempo total: 1 hora
Rendimento: 24 Cupcakes
Ingredientes
  • 1 colher (sopa) de baunilha - 12ml
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó - 12g
  • 220ml de leite
  • 4 ovos
  • 350 gramas de açúcar refinado
  • 220 gramas de margarina sem sal em temperatura ambiente
  • 350 gramas de farinha de trigo peneirada
  • 2 gramas de sal

Instruções
  1. Na tigela da batedeira coloque açúcar refinado e a manteiga em temperatura ambiente e bata até ficar no ponto esbranquiçado.
  2. Adicione os ovos um a um com a batedeira ligada e bata.
  3. Em outra tigela, adicione a baunilha no leite e reserve.
  4. Em outra tigela coloque a farinha de trigo sem fermento mais o fermento em pó e o sal misture.
  5. Adicione a massa do cupcake, um pouco da farinha e um pouco do leite e misture levemente.
  6. Adicione o restante da farinha e do leite.
  7. Mexa levemente e a massa estará pronta.
  8. Quando a massa ficar homogênea, é a hora de preencher as forminhas. Coloque as forminhas de papel posicionadas sobre as de alumínio e preencha até a metade com a massa.
  9. Leve ao forno pré-aquecido por cerca de 25 minutos, mas verifique de tempos em tempos, pois o tempo pode depender de forno para forno.
A receita acima é a massa básica do cupcake, depois de pronto, você pode incrementá-lo com diversas coberturas e recheios. Confira algumas dicas:
Recheio: O recheio poderá ser de brigadeiro, geléia, cremes, doce de leite, etc. Para rechear basta furar o bolinho pronto, colocar o recheio e tampar com a própria massa retirada.
Cobertura: A cobertura também pode ser feita em diversos sabores, como: brigadeiro preto e branco, chantilly branco ou colorido, etc. Para finalizar poderá usar chocolate granulado, coco, confeitos coloridos, confete de chocolate, pedaços de frutas, etc.


Cupcake de Micro-ondas

Está com uma vontade tão grande de cupcake que não pode esperar? Então esta é a receita para você. Também conhecido como bolo de micro-ondas, esta receita é rápida e fácil. E o resultado final é simplesmente fantástico!

Cupcake de Micro-ondas
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4.22/5.00 - 9 votos)

Cupcake de Micro-ondas
Tempo de preparo: 5 minutos
Tempo de cozimento: 3 minutos
Ingredientes
  • 1/2 xícara de farinha de trigo
  • 1/2 xícara de açúcar
  • 1 colher (chá) fermento em pó
  • 1/3 xícara de leite
  • 1/3 xícara de óleo
  • 1 ovo
  • Chocolate a gosto
Instruções
  1. Peneire a farinha, o açúcar e o fermento e, em um vasilhame, junte o ovo, o leite e o óleo.
  2. Corte o chocolate em pequenos pedaços e junte à mistura.
  3. Misture bem e despeje em forminhas para cupcake de papel ou em uma caneca. Não se esqueça de deixar a massa pela metade do recipiente, pois o resto do espaço será para o bolinho crescer.
  4. Leve ao micro-ondas por 2 ou 3 minutos, dependendo da potência do seu aparelho.
  5. Depois, basta esperar esfriar e decorar de acordo com seu gosto.



E essa vai especialmente para a amiga Denise do blog http://denise10carlin.blogspot.com

 Cupcake Vegano de Chocolate
Quem pensa que vegano só come mato está realmente muito enganado. Eles se deliciam inclusive com um cupcake como este, capaz de agradar aos melhores paladares!
Veja a seguir a receita de um cupcake vegano de chocolate:

Cupcake vegano de chocolate
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4.25/5.00 - 4 votos)

Cupcake vegano de chocolate
Tempo de preparo: 10 minutos
Tempo de cozimento: 30 minutos
Tempo total: 40 minutos
Ingredientes
    Para a massa:
  • 1 e 1/2 xícaras (chá) de leite vegetal
  • 1/4 xícara (chá) de óleo vegetal
  • 3/4 xícara (chá) de açúcar (se quiser mais doce, coloque 1 xícara)
  • 2 colheres (sopa) de farinha ou sementes de linhaça
  • 4 colheres (sopa) de chocolate solúvel em pó
  • 1/2 colher (chá) de canela em pó (opcional)
  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • Para a cobertura:
  • Chocolate meio amargo (sem leite) derretido
  • Confeitos de açúcar
Instruções
  1. Pré aqueça o forno em 180°C e prepare as forminhas de papel em uma forma própria para cupcakes ou em forminhas de empada.
  2. Com o fouet misture bem todos os ingredientes líquidos. Adicione o açúcar, a canela em pó (caso utilize-a) e a linhaça. Misture bem.
  3. Peneire o chocolate solúvel com a farinha de trigo. Incorpore a outra mistura, batendo sempre muito bem com o fouet até ficar homogêneo.
  4. Coloque o fermento em pó e mexa até que incorpore bem.
  5. Por fim, despeje a massa nas forminhas de papel até a metade e leve ao forno até que cresçam. Quando você espetar um palito e ele sair seco é sinal de que está no ponto.
  6. Para confeitar os cupcakes, coloque um pouco de chocolate e depois polvilhe um pouco de confeitos de açúcar no cupcake já frio!


Feliz dia das Crianças pra vocês meus amigos, e nada melhor do que comemorar com lindos cupcakes decorados! Eu já estou me deliciando só de olhar as fotos!

Beijos,
Marie